Se está a ver esta mensagem é porque está a utilizar uma versão antiga do Internet Explorer incompatível com o actual site da Fundação A LORD.

Actualize o Internet Explorer para a sua versão mais recente ou instale um dos navegadores de internet abaixo sugeridos por nós:


Internet Explorer

Mozilla Firefox

Google Chrome

Opera

Dinamização da Cultura, da Educação e da Sociedade

24 Nov. | Concerto de Jazz | Auditório A LORD

Datas: 24/11/2012 |Hora: 21:30 Localização: Auditório Fundação A LORD, Lordelo - Paredes

QUARTETO DE FÁTIMA SERRO

A cantora portuense convidará para este concerto o seu parceiro de sempre, o pianista Paulo Gomes e dois excelentes músicos que, não sendo seus habituais companheiros musicais, são cúmplices do pianista no Cool Jazz Trio. Os quatro apresentarão as suas versões de um reportório composto por standards de jazz e alguns originais, com a sonoridade intimista e lírica com que a cantora tem habituado o seu público.   

FÁTIMA SERRO (voz / direção musical)

É uma das mais respeitadas e conceituadas cantoras de jazz portuguesas.

Nascida no Porto, estudou piano, composição e canto nos conservatórios de Porto e Gaia e harmonia na Escola de Jazz do Porto.

Teve como professores, entre outros, Sílvia Mateus, Mário Mateus, Fernando Lapa, Fátima Travanca e José Meneses.

Iniciou a sua atividade como cantora de jazz em 1990. Embora alicerçada nos estudos clássicos, foi como autodidata que desenvolveu a sua voz no jazz, tendo mais tarde trabalhado com cantoras como Norma Winstone e Dominique Eade.

Do seu trabalho com músicos portugueses, destaca-se a sua parceria com o pianista Paulo Gomes, tendo também trabalhado com José Luís Rego, Pedro Barreiros, Bernardo Moreira, Carlos Bica, Eduardo Santos, Mário Santos, Carlos Azevedo, Maria João, Kiko, Paula Oliveira, Maria Anadon, Jorge Reis e Paulo Pinto, entre muitos outros.

Com músicos estrangeiros, trabalhou com Rolf Delfos, Ben van den Dungen, Pascal Vermeer, Anton Drukker e Julian Argüelles.

Foi fundadora e diretora musical do extinto grupo Trupe Vocal, fazendo atualmente parte do grupo vocal Jogo de Damas.

Há cerca de 20 anos que se dedica a ensinar canto-jazz e técnica vocal, trabalhando atualmente na Escola Superior de Música do Porto, entre outras.

Na sua discografia incluem-se os seguintes trabalhos: Fátima Serro – “Day by Day” (1998); Conferência dos Sons “Outra História” (2000); Trupe Vocal – “We’ll Remember You” (2001); Paulo Gomes Ensemble – “Intro” (2002); Quinto Elemento – “Quinto Elemento” (2005).

PAULO GOMES (pianista / compositor)

Nos anos 80, estudou piano e harmonia na Escola de Jazz do Porto. Na mesma altura, fez o curso de composição no Conservatório de Música do Porto.

Entre 2009 e 2011, fez um curso de Mestrado em Interpretação Artística – Piano Jazz, na Escola Superior de Música do Porto.

Na sua atividade de pianista e compositor, teve o privilégio de trabalhar em palcos e/ou estúdios de gravação com: Sheilla Jordan, David Murray, Herb Geller, Henry Lowther, Art Themen, Peter King, Jullian Argüelles, Eric Vloeimans, Montez Coleman, Rolf Delfos, David Chamberlain, Matt Wates, Martin Shaw, Ben van den Dungen, Anton Drukker, Pascal Vermeer, Jesús Santandreu, Aldo Caviglia, Nono Fernandez, Pau Bombardó, Ramon Diaz, António Mesa, Claus Nymark, Chris Alexander, Fátima Serro, Pedro Barreiros, Zé Eduardo, Bernardo Moreira, Carlos Bica, Bruno Pedroso, Maria Viana, Big Band de Jorge Costa Pinto, Laurent Filipe, Pedro Moreira, João Moreira, Eduardo Santos, Orquestra Metropolitana de Lisboa, Orquestra Sinfónica do Algarve e muitos outros.

Com estes, trabalhou em salas por todo o país (continente e ilhas), Espanha, Bélgica, Holanda e Alemanha.

Em várias destas formações, escreveu e arranjou música original. De salientar o

trabalho que realizou baseado na obra de grandes poetas portugueses (registado em

dois CDs). Escreveu música para a tournée em Portugal da EMJO (European Movement Jazz Orchestra).

Foi convidado, na qualidade de pianista de jazz, para variadíssimos programas de televisão e rádio. Entre estes, destacam-se o “Jazz a Prêto e Branco” de José Duarte (na RTP), “Mil e uma escolhas” de Madalena Balsa (na RDP Ant1), e os concertos com emissão em direto na RDP Ant2.

Desde o início dos anos 90, participou em inúmeros festivais de jazz, em Portugal,

Espanha, Alemanha, Bélgica e Holanda.

Como professor (piano, harmonia, improvisação e combo), trabalhou com muitos dos profissionais da nova geração do jazz em Portugal. Realizou cursos e seminários em muitas escolas oficiais e privadas, por todo o país (continente e ilhas).

Paralelamente ao Jazz participou em concertos e gravações de CDs de bandas como:

“Andanças do Mar”, “Mar do Mundo” e “Classificados”.

Discografia (Jazz): Paulo Gomes Trio – Recital (2012); Jogo de Damas – Jogo de Damas (2012); Paulo Gomes – Trabka (2010); Fátima Serro / Paulo Gomes – Quinto Elemento (2005); Kiko – Raw (2003); Paulo Gomes eNsEmble – Intro (2002); Trupe Vocal – We’ll Remember You (2001); Fátima Serro / Paulo Gomes – Outra História (1999); Fátima Serro – Day by Day (1998); Sávio Araújo – Live Quartet (1995).

ACÁCIO SALERO (bateria)

Com 18 anos ingressou na Escola de Jazz do Porto na qual estudou com Mário Barreiros.

Em 1988, deslocou-se a Madrid para participar em workshops com Adam Nussbaum,John Abercrombie, Jim McNeely, Jerry Bergonzi e Mike Richmond.

Em 1990 e 91, participou em workshops com Kenny Washington, Alan Dawson, Sir Roland Hanna,Rufus Reid, Clark Terry, Hal Galper, Ira Gitlere Bill Pierce.

Participou no Coletivo Português de Percussão que sob a direção de Max Roach atuou integrado no Festival de Jazz da Fundação Calouste Gulbenkian.

Membro Fundador da Orquestra de Matosinhos e, no âmbito da pré inauguração da Casa da Música (Festival em Obra Aberta), tocou música de Carla Bley, dirigida pela própria e com a participação de Steve Swallow e Gary Valente. Tocou ainda com grandes solistas da atualidade, nomeadamente como os saxofonistas tenor, Mark Turner e Rich Perry.

De destacar na sua discografia (11 discos gravados) o disco “which way what” do saxofonista compositor Patrick Brennan, com a participação do contrabaixista Rachim Ausar Sahu.

Efetuou vários concertos com esta banda tendo como solista convidado o trombonista Steve Swell, um dos grandes nomes da música improvisada mundial.

Participou com Paul Dunmall (sax tenor), Dave Kane (double bass), Rodrigo Amado (barítone saxofone) no Atlantic Waves 2003, intregado no Festival de Jazz da BBC emLondres.

MIGUEL ÂNGELO COELHO (contrabaixo)

Deu início à sua atividade musical na “Tuna Musical de Fiães”, onde frequentou aulas de formação musical, guitarra e, mais tarde, contrabaixo. Iniciou um projeto na área do rock, denominado “Curtes Baldei-me”, onde tocou guitarra baixo.

Foi na Escola de Jazz do Porto que continuou os seus estudos musicais, trabalhando baixo eléctrico com o professor Alberto Jorge.

Ainda que a música rock tenha constituído, durante algum tempo, o seu campo de interesse artístico, foi o jazz que acabou por conquistar toda a sua atenção.

Ainda sob a orientação do contrabaixista Alberto Jorge, retomou os seus estudos de contrabaixo e combo com o pianista Paulo Gomes, na Escola de Jazz do Porto.

Mais tarde prosseguiu os mesmos com o contrabaixista Pedro Barreiros e, posteriormente, contou com o apoio do contrabaixista António Augusto Aguiar.

Frequentou o curso oficial de música com o professor Alexander Worf até ao 5º grau.

Alguns anos após ter terminado a sua licenciatura em Informática/Matemática Aplicada, pela Universidade Portucalense, voltou ao ensino superior, desta vez para estudar Contrabaixo.

Em 2008 concluiu a sua Licenciatura em Contrabaixo/Jazz na Escola Superior de Musica e Artes do Espectáculo (ESMAE), onde teve a oportunidade de trabalhar com António Augusto Aguiar, Demian Cabaud, Carlos Bica, Zé Eduardo, Michael Lauren, Nuno Ferreira, Carlos Azevedo, Pedro Guedes, Telmo Marques, entre outros.

Participou em vários workshops, nomeadamente com o Contrabaixista Carlos Bica, Zé Eduardo, Thomas Morgan, Dan Weiss, etc..

Tem participado em vários concertos, salientando-se as apresentações no Festival de Jazz Marin (Espanha), Festival de Jazz de Pontevedra (Espanha), Festival Outonalidades, concerto aberto da Antena 2, Festa do Jazz (S. Luís), Festival Internacional de Música de Aveiro, Festival de Jazz de S. J. Da Madeira e café-concerto integrado no Festival de Jazz do Porto, Festa do Avante, Europarque, CCB, Queima das Fitas do Porto, Festival de Vilar de Mouros e Paredes de Coura, Casa das Artes de Famalicão, etc..

Tocou com vários músicos destacando-se Ohad Talmor, Dan Weiss, Frank Vanagee, Virxílio Silva, Yago Vasquez, Max Gómez, Vicente Macian, Miguel Fernandez, Carlos López, Voro Garcia, Mário Santos, Carlos Mendes, Paulo Barros, Paulo Gomes, Carlos Azevedo, Sofia Ribeiro, Miguel Martins, Zé Pedro Coelho, João Guimarães, André Fernandes, Jeff Davis, Óscar Graça, Marcos Cavaleiro e muitos mais.

Atualmente integra várias formações com as quais realiza espetáculos por todo o País.

 

 

 

Partilhe!

Sem comentários.

Responder