Se está a ver esta mensagem é porque está a utilizar uma versão antiga do Internet Explorer incompatível com o actual site da Fundação A LORD.

Actualize o Internet Explorer para a sua versão mais recente ou instale um dos navegadores de internet abaixo sugeridos por nós:


Internet Explorer

Mozilla Firefox

Google Chrome

Opera

Dinamização da Cultura, da Educação e da Sociedade

26 julho | Comemoração do Dia Mundial dos Avós

Comemora-se o Dia Mundial dos Avós em 26 de julho. Esta data foi escolhida para a comemoração porque é o dia de Santa Ana e São Joaquim, pais de Maria e avós de Jesus Cristo.

Santa Ana e São Joaquim são os padroeiros das avós e avôs.

Este dia foi festejado na Academia Fundação A LORD de maneira diferente, com um workshop de decoração de bolos.

A cerca de uma centena de avós e após umas breves demonstrações, foi proposta, pela Rosário Barbosa, a elaboração de várias decorações em massa de moldar colorida e comestível.

Embora uns com mais habilidade e outros com menos, lá foram aparecendo das maravilhosas mãos dos nossos avós bonitas flores, frutos, etc..

Os participantes levaram os trabalhinhos para suas casas.

Seguidamente, houve um lanche convívio com bolos cozidos no micro-ondas o que deixou surpresos muitos participantes que não imaginavam ser possível fazer bolos neste eletrodoméstico.

Contaram também com a presença do Presidente da Fundação A LORD, Dr. Francisco Leal, e do Reverendo Senhor Padre Rui Pinheiro que, muito agradavelmente, animou parte da festa.

No final, foram distribuídas t-shirts e bonés da Fundação A LORD a todos os presentes.

Uma tarde para recordar!…

 

 

Partilhe!

1 resposta para “26 julho | Comemoração do Dia Mundial dos Avós”

  1. Antonello Faria 30 de Julho de 2017 em 11:37 #

    Após esta maravilhosa data (26 Julho), tenho por costume procurar para ler todas as referências alusivas ao Dia dos Avós. Desse modo e com muito orgulho, cumprir-me-á dizer que nos anos anteriores a 1986, muito pouco, quase nada mesmo, se falava dos avós e nem sequer um dia consagrado com data, existia. Foi Ana Elisa do Couto que a partir dos anos 90 e numa luta, sozinha, conseguiu nacionalizar e mesmo internacionalizar esse dia, no seu país (Portugal) e outros por onde andou a divulgar e recolher apoios. Brasil – França – Itália – USA – Timor – Luxemburgo – Suíça.
    No livro que recentemente foi editado, poder-se-á ler toda essa árdua tarefa a qual se reflete no título «Sim, Valeu a Pena». Editorial Novembro – Portugal
    O universo dos avós, através das bibliotecas locais, deveriam obter o livro acima indicado, onde no mesmo se retrata a vida de uma lutadora por um ideal.
    Toda a receita proveniente das vendas, será entregue ao Instituto Oncologia Porto
    Além dos diversos locais de venda, pode ser pedido para a Editora ou pelo email:
    cfaria.aj@gmail.com (sob cobrança)

Responder