Se está a ver esta mensagem é porque está a utilizar uma versão antiga do Internet Explorer incompatível com o actual site da Fundação A LORD.

Actualize o Internet Explorer para a sua versão mais recente ou instale um dos navegadores de internet abaixo sugeridos por nós:


Internet Explorer

Mozilla Firefox

Google Chrome

Opera

Dinamização da Cultura, da Educação e da Sociedade

Bailado | Auditório A LORD | 15 Dez.

 

BIOGRAFIA

Com 25 Anos de existência, o Ginasiano Escola de Dança foi, no Norte do País, o primeiro estabelecimento de ensino reconhecido e oficializado como vetor de Ensino Artístico-Profissional na área da Dança. Situada em Vila Nova de Gaia, a Escola, uma instituição privada com estatuto de utilidade pública, tem como núcleo de atividade a dança e o movimento. Atualmente desenvolve também a sua atividade no Centro de Educação Integral de São João da Madeira, em Braga e em Escariz.

Reconhecido pelo Ministério da Educação, e em regime articulado com o ensino público ou privado, o Ginasiano forma profissionais na área da dança. Com um plano curricular que orienta para um diálogo entre o corpo e o mundo que o envolve, o Ginasiano cria um corpo que faz, que experimenta, que apura, que pensa.

Com um corpo docente composto por um competente núcleo de professores permanentes, aos quais se juntam professores convidados nacionais e internacionais, o Ginasiano possui em si um projeto cultural e artístico que cria e monta espetáculos de índole artística e profissional, presta serviços à comunidade local, possui protocolos de cooperação nacional e internacional e parcerias para a motivação de jovens e crianças na sensibilização e formação artística.

Neste ano, como em todos os outros, os níveis de exigência e profissionalismo continuarão a aumentar. Os valores que conduzem a Escola continuarão, fortes e consolidados, a ser a base da conduta do dia-a-dia do Ginasiano: criar pessoas com sensibilidade artística que, fazendo ou não desta área profissão, acarretem consigo uma formação rica que os prepara para o futuro.

Para o Ginasiano Escola de Dança este ano tem um sabor ainda mais especial: os 25 anos. Foi há 25 Anos que surgiu e celebramos da melhor forma possível estas bodas de prata: em palco! Celebramos a Escola que deu os primeiros passos, cresceu e, acima de tudo, amadureceu durante estes 25 anos. Celebramos a Escola que criou e deu continuidade a vários projetos. Hoje, em palco, juntos, celebramos os 25 anos do Ginasiano Escola de Dança.

PROGRAMA E FICHA TÉCNICA

Em ano de comemorações, o Ginasiano Escola de dança sobe ao palco do Auditório da Fundação A LORD, em Lordelo, para apresentar três estudos coreográficos que retratam e espelham o trabalho diário desenvolvido na Escola.

1.ª Parte

Étude

Aula de Técnica de Dança Clássica

Música: Improvisação pelo pianista Nuno Alexandrino

Professores responsáveis: Elena Martynova, Joana Carneiro

Intérpretes: Ana Beatriz Magalhães, Ana Beatriz Pinto, Gisela Maria Santos, Juliana Rita Rodrigues, Rita Peixoto Pereira (3.º Ano Vocacional); Ana Magalhães Semeão, Benedita Braga Vieira, Mariana Amaro Malojo, Rodrigo Miguel Ribeiro, Viktoria Doroshenko (4.º Ano Vocacional)

2.ª Parte

Cordas

Coreografia: Paula Moreno

Música: Alento, Danças Ocultas

Intérpretes: Carolina Bastos, Helena Magalhães, Inês Barbosa, Joana Pereira, Mariana Aguiar, Matilde Coelho (5.º Ano Vocacional)

Cordas que atam e que desatam, que unem e que libertam forças. Se não se prenderem bem soltam-se… Cordas cujas pontas se entrelaçam passando uma por dentro de outra criam nós entre nos e novelos de histórias em movimento.

Bem-me-quer

Coreografia: Paula Moreno

Música: Love too soon e Zumzum-ka, Pascal Comelade

Intérpretes: Gabriela Neves, Joana Pereira, Mariana Saúde, Rita Couto de Costa, Sara Silva, Sofia Brandão (5.º Ano Vocacional)

Mas que amor é esse temor amor cristalino que cintila e que cega. Entre ângulos simétricos para que julguem que estou dentro de um cristal cuja liberdade de movimentos no meio dos acasos preenchem áreas invisíveis.

Co-moção, e-moção de corpos electromagnéticos que improvisam gestos em sintonia e que descansam em almofadas coloridas.

Direção Artística: Marcelo Ferreira

 

 

Partilhe!

Sem comentários.

Responder