Se está a ver esta mensagem é porque está a utilizar uma versão antiga do Internet Explorer incompatível com o actual site da Fundação A LORD.

Actualize o Internet Explorer para a sua versão mais recente ou instale um dos navegadores de internet abaixo sugeridos por nós:


Internet Explorer

Mozilla Firefox

Google Chrome

Opera

Dinamização da Cultura, da Educação e da Sociedade

Uma Retrospectiva Recente | Pintura

Datas: 12/11/2011 |Hora: 21:00 - 24:00 Localização: Auditório

Programa:
21:00 | Abertura da Exposição
21:30 | Sessão Solene
Palavras do Presidente da Fundação A LORD | Dr. Francisco Leal
Momento Musical | Dr.ª Ana Galaghar | Dr. Richard Brunner
Apresentação do Prof. Doutor Levi Guerra | Prof. Doutor Manuel Pestana
Momento de Poesia | Dr. Júlio Couto
Conferência | Prof. Doutor Levi Guerra
Momento Musical | Dr.ª Ana Galaghar | Dr. Richard Brunner

“Médico, Levi Guerra nasceu em Águeda e tornou-se professor catedrático de Medicina Interna na Faculdade de Medicina do Porto, em 1981, Fellow do American College of Medicine – FACP (1996), Membro Honorário Eleito da Academia Nacional de Medicina
do Brasil (1999), Secretário Geral do Forum dos Presidentes das Sociedades Nacionais
Europeias de Medicina Interna e Membro Eleito das Sociedades Francesa e Espanhola de Medicina Interna, Assistant Professor of Medicine da Universidade de Connecticut, em Hartford, EUA (1975/79), Visiting Professor do Serviço de Fisiologia da Universidade
de Aarhus, Dinamarca (1969), Fellow em Farmacologia e Nefrologia na Washington
University of Saint Louis, Missouri (1964/67), como bolseiro da NATO e Fundação Fulbrite, e bolseiro da Santa Casa da Misericórdia do Porto e do Instituto
de Alta Cultura no Serviço de Nefrologia do Hospital Necker, Paris (1961/62).
Foi director do Hospital de S. João, no Porto (1988/91), do Serviço de Biologia Médica da Faculdade de Medicina do Porto (1969/72), do Serviço de Medicina
dos Hospitais Militares de Nampula e Lourenço Marques (1972/74), do Serviço de Nefrologia do Hospital de Santo António (1974/75), do Serviço de Medicina do Hospital Militar D. Pedro V, no Porto (1979/82), do Serviço de Nefrologia da Faculdade de Medicina do Porto e do Hospital de S.João (1993-2000) e do Departamento de Medicina da Faculdade de Medicina (1998-2000).
Em 1968 iniciou o programa de hemodiálises em doentes renais crónicos terminais no Norte do país, no Hospital de Santo António, onde criou o Serviço de Nefrologia.
Aluno sempre distinto, doutorou-se em Medicina em 1964, fez agregação em Biologia em 1975 e segunda agregação em Medicina Interna em 1979.
Fundou e dirigiu a revista “Arquivos de Medicina” (1986-2000), órgão oficial da Fac. de Medicina do Porto e do Hospital de S. João. Regeu a cadeira de Biologia Médica (1969/71) e de Nefrologia (1991/96) na Fac. de Medicina do Porto, Química Fisiológica
(1973/74) na Fac. de Medicina de Lourenço Marques, Fisiologia Humana (1983/85) no ICBAS, Farmacologia e Patologia Clínica (1981/87) na Fac. de Farmácia do Porto e, ao longo dos anos, diversas disciplinas nas Escolas de Enfermagem de S. João e de Ana Guedes do Hospital de Santo António.
Tem cerca de 100 publicações científicas de investigação de base e clínica. Publicou o primeiro caso de Doença dos Legionários em Portugal (1981). É membro de diversas sociedades científicas e associações não médicas e é membro de diversos corpos editoriais de revistas nacionais e estrangeiras.
Tem escrito em jornais diários e semanários. Realizou exposições individuais de pintura, na Fundação Engº António de Almeida, no Porto (1984), Universidade do Porto / Casa Museu Abel Salazar, no Porto (1996), Fundação Dionísio Pinheiro, em Águeda (1998), e Casa da Cultura de Valença (1999).”
in www.nortemedico.pt

Manuel Pestana é professor catedrático da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto e Director do Serviço de Nefrologia do Hospital de São João.
É autor de inúmeras publicações em revistas internacionais, de trabalhos na área da nefrologia básica.
Foi nomeado, em 2006, Presidente da Comissão Científica da Sociedade Portuguesa de Nefrologia.

Portuense de nascimento e de fortes convicções tripeiras, é ao estudo desta cidade que, o Dr. Júlio Couto, dedicou já uma vintena dos livros que escreveu. Foi sempre um comunicador ao serviço da rádio, do teatro e da televisão e colaborador em dezenas de colectividades em Portugal e na Galiza.

Durante 20 anos foi intérprete do programa radiofónico “A Voz dos Ridículos”. Igual período como director e intérprete de teatro radiofónico em muitas emissoras portuenses, especial a ex-E.N. Durante 26 anos gravou, com a voz, livros para cegos, na Biblioteca Pública Municipal do Porto.

É o autor do único livro, em língua portuguesa, dedicado à “Arte de Dizer”, já em 2ª. edição. Leva mais de 20 anos como professor desta cadeira na Escola dos Ministérios Laicos na Diocese do Porto.

Foi o director e coordenador do livro “O Porto em Poesia”.

Foi-lhe atribuída a Medalha de Cultura, grau prata, da Cidade da Guarda, por um recital naquela cidade levado a efeito. Igual distinção, na Ilha da Madeira, aquando do 1º. Recital de Poesia na Cidade do Funchal, por ele levado a cabo. De muitas outras distinções foi alvo, salientando-se a Medalha de Mérito Cultural da C. M. Porto, grau ouro.

Ana Galaghar é natural de Valongo e iniciou os seus estudos musicais aos 5 anos em piano, tendo posteriormente transitado para violino e concluído o 8º grau de Conservatório de violino com 18 valores na classe de Iossif Grinman.
É membro activo da EMSO – European Orchestra of Medical Students desde 2000 e participou na Orquestra de Jovens de Santa Maria da Feira desde 1996 até 2000 tendo tocado como solista no seu último estágio a Romanza nº2 de Beethoven.
Foi aluna de Zofia Woicicka, Augusto Trindade, Osvaldo Ferreira e José Sentieiro. Participou em Masterclasses de Gerardo Ribeiro, Vladimir Ovcharek, Daniel Strabawa e Suzy Whang. Tem-se apresentado em concertos de música de câmara em formações diversas (quarteto de cordas, duo com piano, etc.).
É licenciada em Medicina pelo Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar desde 2008. Actualmente trabalha no IPO-Porto.

Richard Brunner é natural do Porto e iniciou as suas primeiras aulas de violino com Prof Gaio Lima e de piano com Prof. Manuela Gouveia, tendo concluído posteriormente o curso geral de violino dos Conservatórios Nacionais com 20 valores.
Foi aluno de Anna Kratochvílová (Portugal) e Andrei Kowalsky (Suíça) na classe de violino e do Maestro Mario Schwarz (Suíça) na classe de direcção de orquestra.
Apresentou-se como solista na Orquestra do Norte; concertista e maestro na Camerata Lusitana (1979) e vice-concertino da orquestra Musikkreis St. Gallen.
Realizou recitais com Pedro Burmester. Leccionou piano no Instituto Rosenberg (Suíça).
Actualmente, é docente no CLIP e Escola das Artes em Valadares, e é maestro do coro Douro Singers, com o qual se apresenta em público com regularidade .

Partilhe!

Tags: , , , , , ,

Sem comentários.

Responder