Espetáculo | CONCERTO DE NATAL | 28 dezembro 2019

ORFEÃO DA FUNDAÇÃO A LORD

A tradição musical em Lordelo (Paredes) remonta à primeira metade do século XX, época em que o Maestro Vergílio Pereira fundou, nesta cidade, o Orfeão Castro Araújo que obteve a medalha de ouro no 1.º Concurso Orfeónico, realizado na cidade do Porto, em 1932.

Tentando retomar esta tradição, criou-se, em 1998, o Orfeão da Fundação A LORD, com o objetivo de continuar a sensibilizar a população para esta área cultural, incutindo-lhe o gosto pela música e permitindo ocupar, de forma profícua, os seus tempos de lazer.

Este coral é constituído por cerca de 40 elementos. Interpreta música vocal a capella, abrangendo, contudo, no seu repertório os mais diversos estilos.

A partir do ano 2000, e apesar da sua juventude, começou a participar em alguns eventos culturais organizados pela Fundação A LORD, tais como o OrffLORD – Festival de Orfeões – e concertos de Páscoa e Natal. Tem vindo a apresentar-se em várias localidades do nosso País, destacando-se a sua participação, em colaboração com outros coros, num memorável concerto realizado na cidade do Porto, no dia 24 de junho de 2002, sob a direção do Cónego Ferreira dos Santos.

Em 2007, tendo em vista divulgar o trabalho já realizado, gravou um CD onde uma boa parte do seu repertório ficou registada. Através dos seus concertos, tem dado a conhecer a cidade de Lordelo e a sua Fundação.

Em abril de 2011, efetuou a sua primeira internacionalização ao participar no VIII Certame de Habaneras de Naron (Espanha).

O Orfeão da Fundação A LORD é dirigido pelo Maestro Manuel Luís Bovião Monteiro desde o seu início, tendo sido apresentado pela primeira vez em público, no dia 16 de junho de 1999, aquando do primeiro aniversário da Fundação A LORD.

 

MAESTRO MANUEL LUÍS BOVIÃO MONTEIRO

Manuel Luís Bovião Monteiro nasceu na cidade do Porto, em 1972, iniciando os seus estudos musicais aos 10 anos, na Escola de Música da Banda de Rio Tinto.

Com 16 anos, ingressou na classe de trompete do Conservatório de Música do Porto, apresentando-se, enquanto trompetista e elemento do Coro de Câmara, em inúmeros concertos promovidos por este Conservatório.

Em 1991, frequentou como trompetista o XVIII Curso de Jovens Músicos, promovido pelo INATEL. De 1993 a 1995, integrou a Orquestra de Câmara HARPA, tendo passado por diversas bandas filarmónicas. De 1996 a 2008, destacou-se a sua colaboração com a Banda de Música da Trofa.

Ingressou no Instituto Superior de Contabilidade do Porto (ISCAP), em 1991, tendo, nesse ano, fundado a Tuna de Contabilidade do Porto, onde permaneceu até 1998.

Em 1995, foi convidado a fazer parte do Coro Cláudio Carneyro, destacando-se a sua deslocação a Inglaterra a convite da Associação Oporto/Bristol, em 2000.

Em 2005, participou no Festival Internacional de Música de Óbidos e em diversas apresentações do evento Música em São Roque, Lisboa.

Participou em vários cursos de direção, salientando-se os realizados pelos maestros Robert Houllian, Marcel Van Bree e Baldur Brönnimann.

Em 2004 e 2007, foi convidado a deslocar-se a Ponta Delgada, Açores, a convite do Coral de São José, para participar nos concertos da “Petite Messe Solennelle” de Giocchino Rossini e “Requiem” de Verdi.

Em 2004 e 2005, foi maestro da Banda Filarmónica de S. Mamede de Ribatua.

É maestro do Coro Litúrgico da Capela de N.ª S.ª da Ponte, em Rio Tinto, a partir de 2005.

Dirige o Orfeão da Fundação A LORD desde a sua criação, em 1998.

 

REPERTÓRIO 

Ring Christmas Bells | Mykola Leontovich 

Oh! Noite Favorecida | Manuel Luís / António Cartageno 

Il est né |Tradicional francesa 

Et in terra pax | Mary Lynn Lightfoot 

Natal (Elvas) | Tradicional portuguesa 

We Three Kings | Tradicional inglesa 

Joy to the World | Handel 

Can you feel the love tonight | Elton John 

É Natal, Cristo Nasceu! | António Cartageno / Moreira Neves 

Ding Dong! Merrily on High | Tradicional inglesa 

Correi Pastorinhos | Tradicional portuguesa 

All I want for Christmas is you | Mariah Carey 

Feliz Navidad | José Feliciano

 

AMTROL VOCALFA

Amtrol Vocalfa é um pequeno Grupo Coral dirigido pelo Maestro José Manuel Pinheiro. Nasceu fruto da boa vontade de alguns funcionários e o apoio dos dirigentes da maior fabricante de garrafas de gás da Europa, a empresa AMTROL-ALFA.

Tem como objetivo promover e incentivar o gosto pelo canto, procurando fazer um tipo de música informal de diferentes estilos, que deixe transparecer para o público o prazer de cantar.

Teve o seu batismo, em 2015, num grande Concerto de Reis, realizado no Mosteiro de S. Bento, em Santo Tirso, apadrinhado pelo Coro da Santa Casa da Misericórdia de Santo Tirso e pelo Ensemble Vocal Pro Música (EVPM), grupo de referência premiado internacionalmente. Seguiu-se uma participação num concerto em Mesão Frio, no Auditório da Santa Casa da Misericórdia, para comemoração do Dia Mundial da Música.

Em 2016 e 2017 participou na iniciativa Às Quintas no Museu, lançada pelo Museu Soares dos Reis, no Porto, que visou levar a população a desfrutar duma visita noturna ao Museu, proporcionando um serão musical diferente. Ainda em 2017, organizou um Encontro de Coros que teve lugar na sala Espaços Criativos, em Brito, e realizou também um Concerto de Natal, em parceria com a Junta de Freguesia de Brito, na Igreja Paroquial desta Vila.

Em 2018 participou, em conjunto com o Coro da Santa Casa da Misericórdia de Santo Tirso, num concerto integrado na iniciativa Vivências de Brito. Teve, ainda, a honra de participar num grande concerto comemorativo dos 25 anos do Coro da Santa Casa da Misericórdia de Santo Tirso, intitulado O Vinho, que teve lugar na Adega Cooperativa de Santo Tirso. Neste mesmo ano, em parceria com a Câmara Municipal e a Junta de Freguesia de Brito, organizou um Encontro Internacional de Coros que contou com a presença de vários grupos de renome, no Paço dos Duques de Bragança.

No decorrer de 2019 participou num encontro de coros, em Vila Real, a convite do prestigiado coro desta cidade.

O apoio da Empresa tem sido fundamental na vida e divulgação do Grupo Coral Amtrol Vocalfa, reforçando o objetivo para o qual foi criado – o grande prazer de cantar.

 

MAESTRO JOSÉ MANUEL PINHEIRO

Natural de S. Mamede de Infesta – Matosinhos.

Concluiu, o Curso Superior de Composição, no Conservatório Nacional.

Frequentou o Curso Superior de Piano e parte do Curso Geral de Violino e Canto, no Conservatório de Música do Porto. Obteve o grau de licenciatura em Música, na Universidade de Aveiro, e concluiu com distinção o mestrado em Choral Education, na Roehampton University, em Londres.

Frequentou cursos em Espanha, Inglaterra, Alemanha, Holanda e Áustria na área da música, direção de orquestra/coro e da pedagogia.

Conquistou com o “ENSEMBLE VOCAL PRO MUSICA” – projeto que criou, em 1991, e do qual é diretor artístico desde a sua fundação – vários prémios em concursos internacionais, sendo de destacar o 1.º Prémio – Diploma de Ouro na Categoria de Música Sacra, o Grande Prémio do Concurso de Veneza, em setembro de 2007, bem como a Medalha de Ouro na Categoria de Música Sacra e Prémio de Melhor Interpretação do Concurso Praga Cantat 2018.

A sua atividade dominante incide sobre a pedagogia, educação e animação cultural-musical.

Leciona as disciplinas de Organologia e de Acústica Musical, no Conservatório de Música do Porto, e a disciplina de Classes de Conjunto, no Curso de Música Silva Monteiro.

É maestro do Ensemble Amtrol VocAlfa desde a sua fundação, no ano de 2016.

 

REPERTÓRIO

Gaudete | Pio Cantiones 1582

Vai-te Embora Passarinho | Tradicional Portuguesa, Arr.: Fernando Valente

Alegrem-se os Céus e a Terra | Tradicional Portuguesa (Beira-Baixa), Arr.: José Manuel Pinheiro

Eu Vou Cantar Ao Menino | Tradicional Portuguesa (Baixo-Alentejo), Arr.: José Manuel Pinheiro

José Embala o Menino | Tradicional Portuguesa

Glória, Hossana | Tradicional Portuguesa

Vi o Menino Jesus | Fado da Amália, Arr.: José Manuel Pinheiro

El Noi De La Mare | Tradicional Catalã

Adeste Fideles | Atribuída a D. João IV

My Christmas Tree | Música do Filme “Sozinho em Casa 2”, Arr.: José Manuel Pinheiro

Child in Manger | Tradicional Celta, Cat Stevens

Santa Claus is Coming to Town | J. Fred Coots e Haven Gillespie

 

 

 

Share This