Formação

A partir de 1999, a Fundação A LORD começou, em colaboração com o Ministério da Educação, a enveredar pela formação profissional, ministrando o Curso “Noções Básicas de Puericultura”.

Procurando suprimir as necessidades do tecido produtivo do meio social, interessou-se pelas áreas relativas à indústria do mobiliário – força motriz da economia local – nomeadamente a nível de tecnologias das madeiras e informática. Por outro lado, apostou nos cursos EFA (Educação e Formação de Adultos) na área do Apoio Familiar e à Comunidade, dando a oportunidade aos interessados em obter o 9.º ano de escolaridade e, simultaneamente, a carteira profissional do nível da formação em questão.

Para o efeito, mobilizaram-se candidaturas para obtenção de fundos estruturais da União Europeia, por intermédio do Programa Operacional de Educação, Formação e Desenvolvimento Social e do Programa Operacional da Região Norte – ON, com o apoio do Ministério do Trabalho e da Segurança Social, tendo sido contratadas entidades formadoras externas.

Desde novembro de 2004, a Fundação A LORD é uma entidade formadora acreditada, numa primeira fase, pelo IQF (Instituto para a Qualidade na Formação, IP) e, posteriormente, pela DGERT (Direção-Geral do Emprego e das Relações de Trabalho).

Por forma a incrementar as qualificações literárias e profissionais das pessoas, apresenta, geralmente, diversas candidaturas a ações de formação financiadas pelo POPH (Programa Operacional Potencial Humano).

Neste sentido, a Fundação tem realizado diversas ações de formação destinadas a diferentes públicos:

  • Desempregados à procura de novo emprego, sobretudo os de longa duração.
  • Pessoas à procura de primeiro emprego.
  • Pessoas que se encontram a desempenhar atividades profissionais (funcionários e empresários).

A Fundação A LORD leva a cabo, desde então, ações financiadas e não financiadas, assumindo, em simultâneo, os papéis de entidade formadora e promotora. Dentro das ações financiadas, desenvolve: CEF´s, EFA´s e modulares. Quanto aos não financiados, pode-se mencionar os cursos na área de informática para pessoas com mais de 30 anos de idade e, ainda, para colaboradores de empresas.

Todas as formações decorrem de forma presencial e a Fundação A LORD faz o levantamento e o diagnóstico de necessidades; organiza, desenvolve, executa e avalia todas as ações de formação e emite, ainda, os certificados de qualificação profissional.

A execução destes projetos contou ainda com parcerias importantes, efetuadas com entidades locais, nomeadamente:

  • Centros de Novas Oportunidades (recrutamento de formandos – Associação Empresarial de Paredes, Profisousa – Associação de Ensino Profissional do Vale de Sousa, CFPIMM, EB 2,3 de Lordelo, Escola Básica dos 2.º e 3.º ciclos Dr. Manuel Pinto Vasconcelos e ADICE – Associação para o Desenvolvimento Integrado da Cidade de Ermesinde, Escola Secundária de Alfena).
  • IEFP – Instituto do Emprego e Formação Profissional, Penafiel (recrutamento de formandos).
  • Cooperativa de Electrificação A LORD, CRL (disponibilização de equipamentos e cedência de uma oficina ligada à eletricidade).
  • Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (disponibilização de formadores para a componente tecnológica e empréstimo de gerador de sinais e osciloscópios).
  • Casa do Povo de Lordelo (cedência de instalações).
  • Centro de Estudos Real Saber.
  • Centro de Formação Profissional das Indústrias da Madeira e Mobiliário – CFPIMM (partilha de instalações, equipamentos essenciais e formadores).
  • Agrupamento de Escolas de Lordelo: Escola Básica e Secundária de Lordelo (certificação dos diplomas e encaminhamento de alunos para estágio na Fundação A LORD).

Em parceria com a Cooperativa de Electrificação A LORD, CRL, a Fundação tem, também, proporcionado formação financiada para funcionários e empresários dos agentes económicos da região, nas seguintes áreas:

  • Informática de Iniciação e Avançada (Word, Excel, Internet e Auto-CAD).
  • Higiene e Segurança no Trabalho e Certificação da Qualidade.

De acordo com as necessidades da população local, estes serviços também executam, pontualmente, ações não financiadas, contando, por vezes, com parcerias de grande importância. Tal aconteceu, por exemplo, no ATL de Informática para crianças, na Formação Pedagógica Inicial de Formadores e na Iniciação à Informática para pessoas com mais de 50 anos.

Apostou, ainda, em ações de formação de dupla certificação: equivalência escolar a nível do 9.º e 12.º anos e certificação profissional de nível 2 na área de Energia e Eletricidade.

Num futuro próximo, procurar-se-á abranger outras áreas formativas, com o intuito de fomentar o desenvolvimento empresarial de qualidade, como por exemplo, Comunicação e Relacionamento Interpessoal, Marketing e Publicidade, Atendimento, Técnicas de Vendas, entre outras.

A maioria dos cursos foi financiada pelo Fundo Social Europeu e pelo Estado Português.

Assim, todos os interessados em frequentar formação financiada podem fazê-lo através da inscrição no Clube de Emprego.

A Fundação A LORD é entidade certificada, a partir de julho de 2015, nas seguintes áreas de educação e formação:

  • 346 – Secretariado e trabalho administrativo.
  • 482 – Informática na ótica do utilizador.
  • 522 – Eletricidade e energia.
DGERT

Organograma

Organograma
Share This